domingo, 23 de maio de 2010

Ladyfest 2010 - jovens mulheres por igualdade

Texto - divulgação



A primeira edição do festival cultural feminista Ladyfest aconteceu exatos 10 anos atrás em Olympia, nos EUA.

Em 2004, a primeira edição brasileira tomou vários espaços da cidade de São Paulo para abrir caminho pra mais quatro edições que vieram nos anos seguintes. Em cada edição, o público aumentou. A cobertura da mídia grande e alternativa também se expandiu.

O Ladyfest celebra a cena de jovens mulheres em busca de igualdade por meio do faça-você-mesma e carimba na história dos movimentos sociais de esquerda no Brasil uma produção cultural revolucionária.

A edição brasileira do festival esse ano comemora não só a criação de um movimento contracultural, seja por atitudes, questionamentos ou resistência em letras de música, fanzines e arte de rua.

O Ladyfest Brasil 2010 celebra a renovação política que movimentos jovens feministas como o riot grrrl trouxeram para o cenário político e para a cena punk brasileira. Essa edição é dedicada também as mulheres que, após longo ou breve contato com o ativismo feminista cultural, mantiveram o discurso feminista intacto, sem abrir concessões.

O Ladyfest Brasil 2010 é organizado por Elisa Gargiulo, Anelise Csapo, Marcela Mattos, Bruna Mantese, Adriessa Oliveira, Bruna Provazi e Elaine Campos.

O evento ocorre entre os dias 14 e 23 de maio na cidade de São Paulo e Santos. Entre as atrações estão debates sobre cultura e sustentabilidade, oficinas de arte, skate, guitarra, áudio e defesa pessoal para mulheres, exposições, mostras de filmes e shows de bandas femininas.

Este ano é a primeira vez que o evento ocorre também em Santos, onde serão realizadas as oficinas de wen do – defesa pessoal feminista – e de skate para meninas, além do show das bandas Dominatrix (SP), Noskill (PB), Pump (PE), Stella Can (RS) e, diretamente de Portland/EUA, TEAM DRESCH! Com abertura das MCs Ingrid (INR) e Pamelloza.

Conheça a programação completa no link Ladyfest Brasil

Nenhum comentário: